X Congresso Português de Sociologia

Aceda ao conteúdo em .pdf

Mariana Gaio Alves, Bruno Dionísio, Leonor Lima Torres

Coordenação

 

“Na era da pós-verdade? Esfera pública, cidadania e qualidade da democracia no Portugal contemporâneo” foi o lema do X Congresso Português de Sociologia que se realizou na cidade da Covilhã, na Universidade da Beira Interior, entre os dias 10 e 12 de julho de 2018.

Foto 1: Craig Calhoun na abertura solene do Congresso

xcongres1

À call específica da secção de Sociologia da Educação, que, seguindo o lema geral do congresso, intitulámos “Educação, um espaço de reinvenção da democracia” (https://aps.pt/wp-content/uploads/2017/11/X-Congresso_Call_Educa%C3%A7%C3%A3o_A.pdf), responderam 79 propostas de comunicação. Considerando que o número total de resumos submetidos ao Congresso foi de 712, as 79 propostas submetidas especificamente à call da secção de Sociologia da Educação continuam a demonstrar a elevada capacidade de mobilização dos sociólogos da educação e a significativa representatividade destes nas atividades do congresso. Como vem sendo habitual, para além das propostas de sociólogos portugueses, é digno de registo o número de propostas vindas do Brasil. Em face das propostas submetidas, a coordenação da secção organizou 12 sessões de comunicações cujos objetos permitiram agrupar nos seguintes eixos temáticos: 1) Educação intergeracional, relação escola-família e gestão pedagógica; 2) Políticas e contextos de educação de jovens e adultos; 3) Sociologia da Educação: balanços e novos objetos de estudo; 4) Pluralidade de contextos educativos: formalizar o não-escolar e/ou desescolarizar?; 5) Políticas educativas e ensino superior: democratização e/ou meritocracia?; 6) O poder local: velhos atores e novos protagonismos?; 7) Percursos de sucesso e transições para o ensino superior; 8) Governação das escolas: gestão democrática e/ou gestão performativa?; 10) Percursos e práticas de participação em educação: velhas e novas desigualdades?; 11) Desempenho escolar e trajetórias de escolarização; 12) Dinâmicas de socialização: estandardização e/ou singularização?

Foto 2: Sessão “Políticas educativas e ensino superior: democratização e/ou meritocracia?”, Moderada por Mariana Gaio Alves

xcongres2

Os temas das comunicações apresentadas em cada sessão e por cada um dos eixos temáticos podem ser consultados no programa do congresso, disponibilizado na ligação:  https://drive.google.com/file/d/1GCAfDR0_OsroEyXDZeY58LIUjOnj3qWy/view

Foto 3: Sessão “Pluralidade de contextos educativos: formalizar o não-escolar e/ou desescolarizar?”, Moderada por José Augusto Palhares

xcongres3

Destacamos igualmente a participação na moderação da mesa redonda: “Equipas de Divulgação da Sociologia nas Escolas Secundárias”, que contou com a apresentação e debate desta iniciativa, promovida pela direção da APS, por parte de todos os representantes das instituições envolvidas no projeto.

A página de Internet criada especificamente para o evento (https://xcongresso-aps.eventqualia.net/pt/2018/inicio/) oferece uma visão panorâmica de todas as atividades desenvolvidas ao longo dos três dias.

A comissão organizadora do congresso e a direção da APS desencadeiam esforços para a publicação das Atas, às quais se associa também a revista Sociologia Online através da publicação de um número específico com artigos resultantes de comunicações apresentadas em diferentes secções e áreas temáticas do congresso.

Estudantes do curso de Ciências da Comunicação da UBI realizaram durante o congresso várias reportagens com entrevistas e testemunhos dos congressistas, as quais podem ser vistas aqui: https://aps.pt/pt/x-congresso-portugues-de-sociologia/ ou através das redes sociais da APS.

A coordenação da secção agradece aos colegas Germano Borges, Almerindo Afonso, Pedro Carvalho da Silva, Natália Alves, José Augusto Palhares, Susana Batista e Teresa Seabra o apoio prestado na moderação de mesas organizadas pela secção.

Foto 4: Wool Fest – mural de arte urbana numa rua da cidade da Covilhã durante o Congresso

xcongres4