III Colóquio Internacional de Ciências Sociais da Educação: Infância(s) e juventude(s) na educação contemporânea

Aceda ao conteúdo em .pdf

Leonor Lima Torres, Bruno Dionísio, Mariana Gaio Alves

Coordenação

 

A terceira edição do Colóquio Internacional de Ciências Sociais da Educação, uma iniciativa promovida pelo Departamento de Ciências Sociais da Educação da Universidade do Minho, realizou-se nos dias 8, 9 e 10 de fevereiro de 2018, em Braga, no Instituto de Educação. Durante três dias foram partilhadas e discutidas experiências profissionais e educativas, resultados de investigação e perspetivas plurais sobre o tema “Infância(s) e juventude(s) na educação contemporânea”.

O programa do Colóquio incluiu 3 conferências, 2 painéis temáticos e 49 mesas de comunicações livres, perfazendo um total de 237 comunicações apresentadas. Uma parte significativa dos autores (aproximadamente 50%) atravessaram o atlântico, desde o Brasil, para poderem apresentar os seus trabalhos no nosso país. Para além dos colegas brasileiros e portugueses, provenientes de várias instituições de ensino superior, o encontro acolheu, ainda, investigadores de Espanha, Itália, Chile e Reino Unido.

r1
Foto 1: Sessão de abertura: Presidente da Comissão Organizadora do Colóquio, Vice-Presidente do IE, Vereadora de Educação da Câmara Municpal de Braga, Pró-Reitora da Universidade do Minho, Diretoras dos Centros de Investigação (CIEd e CIEC) e Diretor do Departamento de Ciências Sociais da Educação [da direita para a esquerda].

Após a sessão de abertura, que contou com a presença dos representantes institucionais, da autarquia local e da organização do Colóquio (presidida por Almerindo J. Afonso e José A. Palhares), um breve momento musical, a cargo da pianista Sofia Sarmento, animou o público presente, em jeito de “convite” para a primeira conferência que se seguiu.

r2
Foto 2: Momento musical, com a pianista Sofia Sarmento.

A conferência inaugural intitulada Jovens, rumos societais e desafios educacionais foi proferida por José Machado Pais, do ICS da Universidade de Lisboa, e comentada por Leonor Lima Torres, perante um auditório repleto de participantes. A intervenção e o debate subsequente foram ricos e instigantes, permitindo cruzar olhares e perspetivas das ciências sociais (da educação).

r3
Foto 3: Conferência de abertura de José Machado Pais, com comentário de Leonor L. Torres.

O Colóquio prosseguiu, na parte da tarde, com o primeiro painel temático sobre Construção de sucessos: Percursos e contingências, com a presença de 4 investigadores provenientes de diferentes instituições de ensino superior.

r4
Foto 4: Painel 1: Susana da Cruz Martins (ISCTE-IUL), António Neto-Mendes (moderador), José Matias Alves (U. Católica), Ana Maria Seixas (U. Coimbra) e Nuno Ferreira (ISCTE-IUL) [da direita para a esquerda].

O segundo dia do Colóquio iniciou-se com a conferência de Aina Tarabini, da Universidade Autónoma de Barcelona, subordinada ao tema La escuela no es para ti: El rol de los centros educativos en el abandono escolar, comentada por Almerindo J. Afonso.

r5
Foto 5: Conferência de Aina Tarabini, com comentário de Almerindo J. Afonso.

Ainda da parte da manhã decorreu uma sessão de lançamento de quatro livros recentemente publicados. As apresentações e comentários estiveram a cargo de alguns colegas convidados:

i) José Resende e Maria Manuel Vieira apresentaram a obra – Torres, L. L. & Palhares, J. A. (Orgs.) (2017). A excelência académica na escola pública portuguesa. V. N. Gaia: Fundação Manuel Leão;

ii) Bruno Dionísio apresentou a obra – Resende, J. M. & Martins, A. (Coord.) (2017). (Con)vivemos numa sociedade justa e decente? Porto: Fronteira do Caos Editores;

iii) Virgínio Sá apresentou a obra – Lima, L. C. & Sá, V. (Orgs.) (2017). O governo das escolas. Democracia, controlo e performatividade. V. N. Famalicão: Húmus;

iv) Teresa Sarmento e Fernando I. Ferreira apresentaram a obra – Sarmento, T., Ferreira, F. I. & Madeira, R. (Orgs.) (2018). Brincar e aprender na infância. Porto: Porto Editora.

r6
Foto 6: Sessão de apresentação de livros, com a presença dos comentadores e autores.

A tarde do segundo dia iniciou com o painel temático Tempos, experiências e (des) escolarizações. Os 4 especialistas partilharam diversas perspetivas sobre o tema e submeteram a debate resultados de pesquisa resultantes das investigações realizadas nos últimos anos.

r7
Foto 7: Painel 2: Luísa Quaresma (U. A. Chile), Carlos Pires (moderador), Carlos A. Gomes (U. Minho), Sofia Marques da Silva (U. Porto) e José A. Palhares (U. Minho) [da direita para a esquerda].

O dia 9 terminou com a conferência de Lutine Pastoor, da Universidade de Oslo, sobre o tema The education of refugee and migrant children and young people: An exploration of inclusive learning contexts – in school and beyond, moderada e comentada, em língua inglesa e portuguesa, por Natália Fernandes.

r8
Foto 8: Conferência de Lutine Pastoor, com comentário de Natália Fernandes.

No último dia, sábado de manhã, após a sessão de apresentação de comunicações livres, houve lugar a um novo momento musical, protagonizado pelo Coro dos Pequenos Cantores de Esposende. O programa apresentado por este Coro ajustou-se à temática do Colóquio e envolveu os presentes no último dia em musicalidades e coreografias contagiantes.

r9
Foto 9: Momento musical: Coro de Pequenos Cantores de Esposente, sob a direção de Helena Venda e acompanhado ao piano por Diogo Zão.

Manuel Sarmento encerrou o Colóquio com uma conferência intitulada Criança, aluno, cidadão: Transições contemporâneas, moderada e comentada por Isabel Meneses.

r10
Foto 10: Conferência de encerramento de Manuel Sarmento, comentada por Isabel Meneses.

Decorridos três meses da realização deste Colóquio, o balanço final é muito positivo, tanto por parte da comissão organizadora como por parte da generalidade dos participantes no evento.

Para efeitos de memória futura e de divulgação científica dos trabalhos apresentados neste Colóquio, encontram-se em preparação dois tipos de publicação: um Ebook que reunirá as comunicações livres e um livro que incluirá os contributos de alguns oradores e autores convidados.

Com uma regularidade bienal e subordinado a temáticas que interceptam e caracterizam as áreas científicas do Departamento de Ciências Sociais da Educação, os nossos leitores ficam, desde já, convidados a participar na quarta edição deste Colóquio prevista para 2020.

r11
Foto 11: Estudantes voluntários que integraram o secretariado do Colóquio.